19 de setembro de 2017

Você pediu, inscrições avulsas abertas...ueba!

E aí, sangue bom!!!!

Estão abertas as inscrições para os Pacotes Avulsos Diários.

Cabe no seu bolso e na sua vontade de estudar com a Wendy,  não é fantástico?!

 DAY 1

12:30h Check in
13:00h Fairuza
14:10h Raisa
15:20h Wendy – Flow + Tribal Talk
16:30h Mariana Abreu

17:40h Wendy Fundamentals







DAY 2

8:30 Check in
9h YOGA
9:30h Rapha
10:40h Sandra
11:50 Maria
12:50 Almoço
13:30h Wendy Elegant Arms and Fantastic Floreos
15:40h às 16:40h Wendy Work that Shimmy
20h FESTA VENGA TRIBALIZAR




DAY 3
9h Check in
9:30h YOGA
10h Nomadic
11:10h Tamyris
12:20h Wendy – Aula Bônus The FatChance Flair
13:20h Almoço
14:20h Wendy – Formation Beyond the Basic Duets/Trios/Quartets
16:30 às 18:10h Wendy – ATS for the Solist
                                                                  18:30h Encerramento.

Informações: festivalpilares@gmail.com

Super xeros e até o Pilares _/\_
Maria Badulaques






Empoderar para curar!


Desejo Atávico do ser humano, tanto quanto ser próspero.

Buscamos incansavelmente nos curar, conhecer, ser ciente da plenitude de nós mesmos. Estes processos demandam uma profunda viagem, porém como tudo na vida o começo é dando um pequeno mais decidido passo. Eu quero! Eu vou!

Círculos confiáveis de mulheres são capazes de responderem as mais variadas questões, muitas vezes somente em ouvir a história de outra companheira. Vamos ouvir o que os(as) outros(as) tem a dizer?!

Neste vídeo de apresentação nossa anfitriã, Soraya Mariani, fala um pouco do encontro que está sendo tecido para nosso deleite e cura. 

Restam 22 vagas e uma certamente é sua, por que?! Porque, você está decidida a se EMPODERAR!

EMPODERE-SER MULHER!

Video de Apresentação do 4º Encontro Mundial


Evento no facebook, se inscreva:

4º Encontro Mundial de Círculo de Mulheres

Esperamos você lá, xeros tribais

13 de setembro de 2017

A arte de observar o belo (nos outros)!


Quando vamos assistir uma apresentação de dança... Que sentimento lhe move?

1 - Eu faço melhor.
2 - Ih, deu ruim...
3 - Ah, desceu o braço errado, cotovelo não está engajado, ops, errou errou errou...

Quaisquer das alternativas acima são uma comprovação real de quão longe estamos da CURA. Acredito, ferozmente, que a Dança é um dos veículos mais fortes de cura, porém do mesmo modo creio que muitos podem se machucar no caminho e adquirir cicatrizes, quando expostos a uma sociedade como a nossa.

Não sejamos hipócritas, fazemos parte desta sociedade? SIM...portanto...! É comodo falar do político corrupto, da "amiga" que adora uma maledicência, mas já realmente, digo realmente...olhamos nossas sombras ao ponto de saber que somos nós os corruptos? Nós as maledicentes?! Não adianta ir buscar no outro as respostas de nossas insanidades e processos destrutivos, isto começa quando:

Irmandade
  • Apontamos o dedo para pessoa ao lado.
  • Vamos ver uma pessoa não tão querida dançar e malhamos até esgotar os verbetes.
  • Vendemos figurino a aluna e temos o nosso gratuito no pacote.
  •  Bradamos flores e praticamos espinhos e ainda nos vitimizamos pela miserabilidade de nossas vidas.
  • Falamos de uma filosofia de vida que na prática não tem a menor consistência.
O processo de CURA começa quando olhamos as pessoas com os mesmos olhos (do coração) que gostaríamos de sermos observados. Escutei algo genial este ano "não preciso amar todos com quem danço, mas devo abrir espaço e respeitar" (K. Adams).

Arte de Marisol Mendes
Felizmente me dedico a uma dança onde o imperfeito é esperado, correto?! Opa, erradíssimo!!! Parece que a perfeição é o quinto elemento, todos estão com a respiração suspensa pensando, ela virá ou não?!  Como dançarina, professora, estudante, digo as minhas alunas/parceiras; vai dar merda em algum ponto, mas estaremos juntas apoiando umas as outras e se for dar merda que seja conosco tentando superar nossos limites. Simbora, #atsnasveiasdopulsante

Meu exercício atual é ver apresentações de dança, sim porque aqui não tem nenhuma DEUSA precisamos ser plateia para ter plateia, com os mesmos olhos que vejo a mim(opa, sou crítica feroz de mim mesma, estou me excluindo da lista) e minhas alunas, porque sei como é difícil subir no palco e dançar para os olhos famintos a nossa frente.



Olhando o belo nos outros!
Observemos o belo, ele está no meio, a frente e FORA DE NÓS. Como professora, seguidora e apaixonada pelo ATS® não dou aula de cotovelos perfeitos,  movimentos milimetricamente padronizados... procuro passar a Ética da Dança, o bem estar do momento que nos reunimos, como nos encontrar dentro de tantas senhas, variações, como seguir no lugar de liderar, o acolhimento naquele momento em que nem tudo deu certo ou quando tudo tudo deu muito errado. A aceitação! O bem querer, e pasmem...no meio disto tudo 5, 6, 7, 8...olha a técnica aí, gente! Ela sempre chega, com paciência, amor e dedicação.

Xeros no pulsante,
Maria Badulaques









11 de setembro de 2017

4º Encontro Mundial de Círculo de Mulheres - Lugar de CURA e EMPODERAMENTO

Tribalistas,

4º Encontro Mundial Círculo Mulheres: "EMPORERE - SEr MULHER"
Data: 21 e 22 de Outubro de 2017
Horário: Sábado: 9h às 20h e Domingo: 9h às 19h 
Local: Espaço Florescer: Rua Tácito de Almeida, 107 - Sumaré- São Paulo
Diretamente no link: http://bit.ly/2wh0Dxs 
Inf. e Insc - Email: mundialdecirculodemulheres@gmail.com

Líderes femininas que trabalham com desenvolvimento humano, coaching, constelação, empreendedorismo, bem-estar, arte e cultura e com a Espiritualidade Feminina dando ênfase ao EMPODERAMENTO FEMININO vão se reunir para dois dias de jornadas sobre a MULHER no SÉCULO XXI.

Idealizado e organizado por Soraya Mariani, o Encontro Mundial de Círculo de Mulheres já uniu nas edições anteriores em torno de duas mil mulheres e este ano acontecerá nos dias 21 e 22 de OUTUBRO no ESPAÇO FLORESCER em SÃO PAULO. Soraya é especialista em trabalhos com Empoderamento Feminino, Desenvolvimento Humano, Arte e Cultura e desta vez optou por um encontro mais intimista, visando mais proximidade e compartilhas profundas entre as participantes. 

Estará em pauta o Empoderamento da Feminilidade Essencial, o Empreendedorismo, a Sororidade, a Luz e Sombra nas relações femininas e como é possível empoderar de forma integral e completa o Ser Mulher no século XXI.

O 4º Encontro Mundial reunirá alguns dos expoentes do movimento espiritual e de empoderamento feminino do Brasil, com ofertas de palestras e vivências. Autoras, artistas, xamãs, facilitadoras de círculos, benzedeiras e toda sorte de “mulheres medicina” estarão juntas, atuando pela cura e pelo empoderamento feminino, ativando um dos pilares essenciais do Empoderamento Feminino que é a troca empática entre as mulheres, estimulando a sororidade.

Este será um encontro profundo de desenvolvimento e redespertar da força feminina essencial, em uma sororidade voltada ao reequilíbrio do feminino nos lares, ambientes profissionais e no mundo.

Uma reunião de “Comadres” – que significa profundamente irmãs – para a cura de todas as relações! 

Soraya Mariani – Idealizadora do Encontro Mundial Círculo Mulheres. Da Cirandda da Lua – Desenvolvimento Humano, Bem-Estar, Arte e Cultura e da Universidade Sagrado Feminino.

PROGRAMAÇÃO:

Serão 2 dias de encontros, saberes, vivências, trocas, amor e transformações.

Palesta Vivencial “ O que é SER Mulher? O que se Espera da Mulher Contemporânea?” com Soraya Mariani, Idealizadora da Cirandda da Lua, da Universidade Sagrado Feminino, do Encontro Mundial Empoderamento Feminino e do Encontro de Xamanismo. Co-autora dos livros: Cirandda da Lua – Uma Colcha de Retalhos e Sob a Tenda Vermelha. Website: http://ciranddadalua.com.br/ | fb: Soraya Mariani

Palestra Vivencial “A sombra nos grupos e círculos de mulheres – Reencontrando a Irmandade perdida” com Cler Barbiero de Vargas, autora dos livros “ As Sombras nos Grupos e Círculos de Mulheres” e “Orações à Deusa” Website: http://clerbarbiero.com.br/

Palestra “A jornada feminina na história e a sua jornada pessoal” com Beatriz Del Picchia e Cristina Balieiro autoras do livro “O Feminino e o Sagrado - Mulheres na Jornada do Herói" Website: http://femininosagrado.com.br/

Vivência “Diga Sim a sua Essência Selvagem!” com Fernanda Cunha, idealizadora da experiência Yoga Dance, uma prática de autoconhecimento que combina ferramentas do Yoga, da dança e de outras filosofias/artes para despertar o verdadeiro potencial de cada um. Website: http://fernandacunhayoga.com/

Vivência "Dança do Animal de Poder" com Mariana de Paula Mourão, Mulher Medicina atua com o Método "Reconexão com a Feminilidade", Xamanismo Feminino, Ayurveda para Mulheres, Rituais de Lua, é professora de Yoga, terapeuta Ayurveda, Moon Mother e Guardiã do Ventre. Website: http://sagradoser.com/

Palestra Vivencial "As mães que desempoderam suas filhas" - Retecendo os fios de conexão com a Ancestralidade Feminina através da Medicina da Baleia com Patricia Cuocolo, idealizadora do Movimento Mulheres Despertas http://patriciacuocolo.com.br/

Vivência “A Vulnerabilidade da Mulher de Poder” com Raquel Anwar

Vivência “Coração, Mente e Ventre: Um despertar consciente da sacralidade feminina, e suas energias geradoras” com Clau Sbano

Vivência “Empoderamento Feminino - Uma Jornada ao Resgate da Mulher Selvagem” com Patrícia Ramos

Palestra Vivencial “Resgate das Comadres” com Mirhyam Conde Canto, Lilian Gaya e Ivete Neves Saab

Vivência “A jornada da Mulher Triluna: a Cigana, a Benzedeira e a Bruxa” com Ana Cecilia Nasi

Vivência “Força cristalina e Poder feminino” com Auriel dos Anjos

Vivência “Fluindo com os elementos: o REintegrar da mulher em sua plenitude” com Luana Almeida e Carina Biancardi

Vivência "As Novas Constelações e o Sagrado Feminino: A Mãe no Coração" com Luciana Gallucci de Magalhães

Vivência "Dança Rito-Arte - Empodere - Ser mulher - Despertar da Mulher Selvagem" com Carla Brasil

Vivência "Cura das memórias uterinas através da utilização das ervas" com Tali Kailash

Vivência “AmericanTribalStyle® - Acordando a Unidade Feminina” com Maria Badulaques, Sandra Carvalho e Luana Almeida https://www.facebook.com/Mariabadulaquestata

Vivência “As 13 avós antigas e nossas avós - Recebendo seu xale de proteção" com Suindara Ribeiro

Guardiã da Sustentabilidade do Encontro: Honrando a Mãe Gaia com Gabi Raio de Lis

EM BREVE SITE DETALHES da PROGRAMAÇÃO.

Confira aqui como foi o 3º Encontro Mundial de Círculo de Mulheres: http://encontromundial.com.br/
* Vídeo 3 ENCONTRO MUNDIAL CÍRCULO MULHERES 

Para mais informações entre em contato:
mundialdecirculodemulheres@gmail.com

* Pagina de Evento 2017: www.facebook.com/events/172534323223960


Inscrições aqui


Falando um pouco mais sobre algumas oficinas:

Oficina de ATS integrando várias medicinas de cura

O ATS® é nossa paixão e motivo de muito estudo, correto?! Sim, sim!!!

Neste formato busco levar a baila todas medicinas que amealhei com meus estudos, pesquisas e praticas. Então, não se trata somente de dançar tecnicamente, aliás nunca foi somente sobre técnica. O objetivo é trazer o poder curativo da dança, inclusive quando ela mesma provoca má-água (não posso, não consigo, não tenho corpo, não...não...não).

Em vários países onde somos subjugadas, legadas a condição de objeto e propriedade a dança é a unica forma de LIBERTAÇÃO. Acreditando neste medicina de cura e trazendo ainda elementos de benzição com a Sandra Carvalho e aromaterápicos com Luana e Almeida e comigo convidaremos todas irmãs a entrar no UNIVERSO DA TRIBO... AHOW

A busca pelo processo de cura começa sempre com a dança, forma mais antiga de reverenciar a DEUSA! 

Maria Badulaques é Sister Studio® FatChanceBellyDance®, certificada em San Francisco (USA), Moon Mother, Deeksha Giver, filha (Sandra Carvalho) e neta (Marina Carvalho) de Benzedeiras e Mulheres da terra, Estudiosa e apaixonada pelos Óleos Essenciais, Sacerdotisa da Tenda Vermelha, Mãe de Marina e Rodrigo.



Os cristais são ancestrais da terra, estão aqui há muitos anos, neles contêm registros de histórias imagináveis, inclusive a nossa. Cada cristal guarda uma memória antiga, onde o poder feminino era incalculável e imensurável, quando nos conectamos com essa fonte, criamos um elo que nos faz lembrar quem realmente somos, tendo a certeza que nosso poder vem da terra, que assim como nós, é feminina. Os cristais são nossos aliados nessa busca do empoderamento e encontro com nosso “ser”.


Nosso ventre é um templo, e quando levamos para dentro desse templo a energia cristalina ela ativa nossas memórias adormecidas, nos fazendo renascer e se empoderar de nós mesmas.  Ao entrar em contato com os cristais da Mãe Terra, trabalhamos o despertar do ventre através da força cristalina. Iniciando um trabalho interno de purificação, regeneração e amor, com nosso corpo alma e coração.

 Através de mantras cristalinos, evocações, respirações e danças, ativamos a força dos Cristais Cósmicos e recebemos sua vibração em nosso corpo e armazenamos seu conhecimento em nosso ventre. Cada mulher se renova e ativa seu cristal etérico que ajudará no seu empoderamento e  jornada de cura nessa Terra Mãe.

Neste círculo de cura e transformação Raquel Anwar estará oferecendo, como todo o amor que brota em seu coração e com toda a força que emerge do seu ventre a vivência da importância da “Vulnerabilidade da Mulher de Poder”.
Pois é, pode parecer contraditório falar sobre vulnerabilidade e poder, mas na verdade os dois aspectos estão muito pertos e são essências para qualquer realização que desejamos alcançar.
Para encontrar o seu potencial criativo e o seu poder pessoal, de forma verdadeira e sólida, é necessário olhar para a sombra, dar voz a menina frágil que existe dentro de si, é necessário se deixar ser afetada pela vida e reconhecer suas limitações... como degraus para sua realização.
Para ser uma mulher de poder, deve reconhecer suas sombras, abraça-las e honrar a sua história e sua menina interior.


Cler Barbiero, que tem uma caminhada de mais de vinte anos facilitando círculos e é a autora dos livros A Sombra nos Grupos e Círculos de Mulheres e do Livro de Orações à Deusa, oferecerá uma palestra vivencial onde este tema tão desafiante, mas igualmente necessário, será abordado. Muitos grupos e facilitadoras cheias de intenções boas e luminosas, sucumbem em dor e decepções quando a face mais cruenta do que o Patriarcado fez com as relações das mulheres emerge. Porém, segundo Cler, a Sombra é a Mestra e a Luz é a Guia – estas duas forças estão sempre juntas e a Sombra tem algo que precisa ser entendido, curado e integrado. Negá-la ou não reconhecê-la é uma armadilha frequente nos grupos e círculos de mulheres.

Este encontro poderoso que é o 4o Mundial de Círculos de Mulheres - onde a irmandade perdida é por dois dias reencontrada – será o ambiente ideal para abordar as delicadezas do tema.

"Fluindo com os elementos: o REintegrar da mulher em sua plenitude", será uma vivência que tem como linha mestra o Despertar desse poder feminino presente em cada elemento; é despertar a magia da plenitude, é olhar para si e se reconhecer como parte de um TODO, é ativar a e acessar a divindade que habita em casa UNA, reconhecendo assim a sacralidade e a centelha divina para nos tornarmos conscientes dessa profunda ferramenta de cura em sua magnitude. PORTANTO, essa será uma vivência para REintegrar e resgatar esse poder primordial que nos habita através da essência mais pura: o êxtase, a dança, a liberdade de fluir através desse poder cósmico.. O fogo, o ar, a terra e a água!
Sou Carina Biancardi, uma sacerdotisa de Gaya, filha de Afrodite, Demeter e seu Tupinambá. Apadrinhada pelas estrelas e pela lua cheia, busco no povo cigano minha inspiração e fortaleza. Evoco o poder da mãe natureza como minha sagrada aliada: respeitosamente, me aproprio dos saberes e da alquimia sagrada dos alimentos, das ervas, das flores e os transformo em trabalho. Costumo dizer q sou nutricionista de formação, cozinheira por paixão e camponesa por amor à Mãe Terra! Também tenho a honra de ser guardiã de um circulo de mulheres, honrosamente chamado de Cirandda das Deusas de Gaya. Sou abençoada por ter uma linda família, por ter um companheiro q eu amo muito, parceiro e curado e 2 filhas preciosas! E sou pura gratidão por poder estar unida a essa irmandade feminina chamada de 4 EM de Círculos de Mulheres.
Sou Luana, Naturologa, Moon Mulher e Guardiã de Círculos de mulheres. Sou uma Sacerdotisa da Deusa caminhante desse solo sagrado. Trilho o caminho da ancestralidade que habita em mim, me ancoro nas forças dos mistérios Lunares, e na força de Diana, minha mãe, A Deusa da Lua e da Magia, me firmo nos saberes da Alquimia Sagrada e primordial, nos Encamentos das Medicinas de cura, e no amor da Grande Mãe Divina. 
Agradeço e Honro a força dessa Irmandade, à intensidade desse grande Encontro mágico, gestado tão amorosamente.


Estes são algumas das Oficinas ministradas... imagine-se neste círculo de cura e luz, aguardamos você lá.

Xeros tribais.

24 de agosto de 2017

O próximo passo...

Uns vão em aulas para fugir do dia a dia, outros para fazer amizades (nem só de redes sociais vivem as pessoas) e outros almejam aquele universo de estudo, estudo, estudo para desfrutar de 3 ou 5min em cena, mais horas e horas de aulas, investimento em curso, workshops e assim um dia perceber que há conhecimento para alçar vôo e fazer sua própria caminhada, sem nunca esquecer de onde veio.
Quando entendi meu caminho.
Uma apresentação de bellydance!

Essa foi a minha jornada! No dia que fiz aula com a Rachel Brice, ali saquei... eu sou dançarina de ATS®, admiro a boa técnica e criações do Fusion e todas suas variações, faço Flamenco há uns bons anos, mas o meu lance é estar tocando snujs com um bando de mulheres conhecidas ou desconhecidas e nisto me ver fluir, sair do meu corpo e alçar altas jornadas com meus animais de poder.

Saber onde se quer chegar é fundamental e encontrar apoiadores no caminho pode ser o diferencial para se sentir confiante e seguir ou retrair e transformar suas águas em má-aguas (mágoas). Eu tive apoiadores! Minha mãe sempre colocou fé, e houve momentos que eu duvidei muito de minha habilidade, ela nunca. Eu fui minha maior algoz, eu e minhas sombras.

Dança Circular minha primeira conexão com o Sagrado!
Um dia, cheguei com meu fascínio pelo ATS® numa aula de Dança Circular, ministrada pela Sandra Carvalho, e daí vi olhinhos brilhantes da Heli Luiza com minhas narrativas. Não demorou muito começamos a fazer experiências, afinal o que sabia eu? Nada. Hoje, o que sei? Nada, por isso estou sempre estudando. Passou um tempo e tirei o General Skills com Carolena Nericcio-Bolhman e apesar de ter certeza absoluta que eu queria aquilo para o resto da minha vida, não fiz o Sister Studio® (precisava legitimar, dentro da minha alma...e aquele não era o momento). Eu não acreditava em mim!

Segui com aulas, fiz diversas oficinais, workshops, estudei com quase todas profissionais disponíveis e acessíveis a minha rotina (advocacia, filhos, marido na ocasião, cachorro, gata...ufa). Tomei aulas, muitas com a Natalia Espinosa (minha professora de formação), Kelsey Suedmeyer, Lilian Kawatoko, Aline Oliveira, Meghan Gavin, Kae Montgomery, Katarzinia Lidia, Wendy Allen, Anita Lawane, Kristine Adams, Philippa Morai, a mente vai falhar, porque certamente tem mais gente e não me refiro a hoje em dia, hoje já fiz aulas com praticamente 90% das professoras de ATS® sem medo de errar.
General Skills

Nesta ocasião as experiências com Heli já eram chamadas de Aula de ATS®, passamos por muita coisa. Até ter aulas ao ar livre, porque não tinha espaço, então ela queria muito e eu queria essa jornada mais do que qualquer coisa.
Após a Dança Circular e na sequencia ATS®
Sabe, você se ver do dia para noite sem um local para dançar é PUNK, frio e calor...sujeitas a ação do tempo e o tempo é o senhor de tudo, certo?! Ali foi o momento que só os fortes sobrevivem. E só os amigos ficam ao lado... hoje, passada as má-águas, olho e AGRADEÇO!!! Eu não teria feito essa caminhada se não tivesse passado por todos aqueles percalços e se não tivesse sempre apoiada por almas maravilhosas deste plano e dos outros.

Certificação - San Francisco
Muitas horas aula depois (dando e recebendo) peguei um vôo e fui tirar meu Sister Studio® na Califórnia. Integrei minha sombras, as acolhi. Peguei todo amor ao ATS® que tenho e joguei ao Universo. Afinal, para mim...é minha manifestação mais SAGRADA, ao compreender isto percebi que não é um conglomerado de movimentos que você executa É A ALMA EM MOVIMENTO, O SAGRADO FEMININO SALTANDO AOS OLHOS... e neste momento de luz, entendi. Eu amo ATS®, a dança do SAGRADO FEMININO.

FIZ TUDO QUE DESENHEI PARA MIM NO ATS® E AGORA TOU PENSANDO NO PRÓXIMO PASSO... 

Nesse meio tempo, as alunas foram chegando, workshops em diversos lugares do Brasil surgindo e até um Festival Internacional que resolvi realizar... nasceu uma linda parceria com minha primeira aluna. Gira Ballo Tribal em homenagem a Roda de Dança Circular que nos uniu.

Mercado Persa 2017
Mc Dia - 1ª Apresentação da Heli 2015
CIAEI - Indaiatuba 2015


Foram tantos Arabic Orbits, o movimento que nos define... triei alguns, mas deve ter umas dezenas espalhadas por aí. E sabe por que?
É o momento do SAGRADO FEMININO pulando aos olhos.
Templo de Isis 2016
 Sol, chuva, frio, calor... sorrisos e lágrimas, mas tamos sempre juntas... nos aprimorando e incentivando.

Recentemente a vontade de Heli em dar o próximo passo bateu de uma forma mais forte e eu estava aqui para apoiar e incentivar.


Esse próximo passo que haverá com algumas de nossas alunas é como assistir o nascimento, do momento gestacional ao parto e portanto toda uma caminhada que leva uma vida, vivendo.

Eu AGRADEÇO estar atenta para APOIAR, INCENTIVAR, AJUDAR E VIBRAR POR TER MINHA PRIMEIRA ALUNA ALÇANDO ESTE VÔO.

Acolher! 
Agradecer!!!
Abrir as portas, esse é o dever de todo professor(a) quando um aluno diz, quero dar aulas. Especialmente se ele tem habilidade para isso e se não tem segure a mão e o ajude. Acredite nela e reverbere esse amor do útero.
Não se sinta ameaçada, ela é sua cria É SEU DEVER honrar seu próprio legado e apoiar, apoiar, apoiar!
Se não é sua aluna, apoie igualmente é nosso dever tribal abrir o espaço e acolher!!!

Heli,
seja bem vinda ao secto de amantes do ATS® que de tão apaixonados viraram professores.

Minha Primeira Aluna e minha Mãe
Mencionei que nesse meio tempo a MINHA MÃE resolveu estudar ATS®? Era tão emocionante tê-la comigo!!! Imagine a honra de uma filha ensinar (algo) a sua mãe??? E tudo isso proporcionado pela dança que é a reverberação do meu coração. VOLTA SANDRA...tá curando, tá curando...curou curou... te amo, mãe (quando eu tiver cabelos brancos eles serão azuis)

Que muitas outras pessoas se sintam inspiradas a fazer o mesmo... que todas minhas alunas sintam em mim uma pessoa que as apoiará SEMPRE.

Local de nossas aulas e caminhada em 2015








A caminhada será cheia de desafios, tem hora que você pensa: putz que merda?! Por que eu tou fazendo isso?! Não vale a pena... mas daí...lembre, VOCÊ NÃO ESTÁ SÓ!

Tem sempre uma amiga chorando e sorrindo ao seu lado e se bobear aparece até uma Smurfete de cabelo azul para lhe dar uns sacodes... (deixa de mi mi mi)... 

A DANÇA É MEU UNIVERSO SAGRADO E AS PARCEIRAS SÃO A BRISA SUAVIZANDO A CAMINHADA.
Xeros tribais

22 de agosto de 2017

Falando um pouco mais sobre os Workshops de Wendy Allen março 2018


Tribalistas que como eu estão ansiosos por este momento especial com uma das dançarinas mais carismáticas e técnicas do nosso querido ATS®.

Após 2 anos fazendo workshops com a Wendy nos EUA o amor foi irresistível. Além da técnica há a personalidade marcada pelo descompromisso com a aparência de perfeição perpetua. Ou seja, aquelas figuras públicas que somente saem e se deixam fotografar quando estão beirando a divindade, este não é o caso da Wendy. 


Todos viram o vídeo que ela nos enviou, correto? Era no melhor estilo Wendy Allen!!!

Escolhemos temas que vão ampliar sua técnica de base e leva-la ao próximo nível, e acreditem...sempre há o próximo nível. Procuramos também temas que trouxessem LUZ a movimentos e formações pouco abordadas. Uma delas é a dança como solista que pode ocorrer realmente no Solo ou num dado momento da apresentação em grupo. 

Vamos ver na prática como isso pode ocorrer lindamente sem parecer que suas amigas são coadjuvantes?

Olha essa performance da Wendy com a Sandi, é disso que tou falando!!!


Tem vaga ainda, vamos nos unir neste momento de amor a dança, estudo e sorrisos?
Informações: festivalpilares@gmail.com

Os demais temas para vc ficar babando, veja os flyers abaixo!!! 
Na próxima conversa falaremos do Formations beyond the basics!

Xeros tribais
Maria e seus Badulaques


                               





16 de agosto de 2017

Wendy Allen tem uma mensagem carinhosa para nós!

video 

Wendy uma das dançarinas mais amadas por nós e com essa personalidade deliciosa que faz parecer com aquela querida amiga com quem temos momentos incríveis e de muita cumplicidade. De certa forma é isso mesmo!!! 

Dançar com alguém que admiramos, observar o olhar de cumplicidade e o sorriso motivador nos da SUPER PODERES.

Sabe o que mais amo em Wendy? Ela como nós é de carne e osso, tem dia que estamos deslumbrantes e tem dia que saímos de uma atividade, física ou acordamos e nos damos ao "luxo" de nos sentirmos confiantes ao ponto de gravarmos algo ou postarmos uma foto. Essa é nossa querida Wendy, linda em qualquer momento do dia!

Uma das melhores instrutoras de ATS® estará conosco em março de 2018, não fique de fora.
Informações: festivalpilares@gmail.com

Xeros tribais
#atsnasveiasdopulsante
#somostodospilares